segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Maravilhas do céu: escudo de energia protege a Terra

Descoberto em 1958 por James Van Allen, o Cinturão de Van Allen é um velho conhecido dos cientistas. É uma zona de alta radiação que envolve a Terra, criada pela interação entre o campo magnético terrestre e o vento solar. Funciona como uma armadura, protegendo nosso planeta do vento solar, que, se alcançasse a superfície da Terra, tornaria a vida praticamente impossível.

Na verdade, é formado por dois cinturões em forma de anéis. O mais interno se estende por altitudes entre mil e cinco mil quilômetros, e é formado por prótons altamente energéticos (formados quando os raios cósmicos colidem a atmosfera terrestre). O segundo cinturão fica situado entre quinze e vinte e cinco mil quilômetros de altitude, e é formado principalmente por íons hélio trazidos pelo vento solar. Os dois cinturões não têm uma delimitação precisa, fundido-se em altitudes variáveis.

Pois, apesar de ser um "colega" conhecido há mais de sessenta anos, os cinturões de Van Allen ainda guardam surpresas! No ano passado, uma equipe liderada pela Universidade do Colorado Boulder descobriu, no interior dos cinturões, uma zona que bloqueia os chamados "elétrons assassinos". Estes elétrons ricocheteiam em torno do planeta a uma velocidade próxima à da luz e são conhecidas por ameaçar astronautas, fritar satélites e degradar sistemas espaciais durante intensas tempestades solares.

Que tal, Enterprise?
A Terra também tem um escudo destes!


"É quase como se estes elétrons estivessem batendo em uma parede de vidro no espaço," disse o principal autor do estudo. "É parecido com os escudos criados por campos de força em Star Trek [...] É um fenômeno extremamente intrigante."

Outra parte intrigante e linda dos cinturões de Van Allen são as auroras boreais, que ocorrem durante os períodos de intensa atividade solar. 



Nestas épocas, grande parte das partículas eletricamente carregadas vindas do Sol conseguem romper a barreira formada pelos cinturões e, ao atingir a alta atmosfera, produzem as belas auroras polares e as perigosas tempestades magnéticas.

Fontes diversas da internet, em especial
http://hypescience.com/escudo-invisivel-de-energia-e-encontrado-quilometros-acima-da-terra/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!