quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Maravilhas do Mar: Flor de Iemanjá


A Flor de Iemanjá (Meandrina braziliensis) é um belo e pequeno coral brasileiro de forma ovalada. O mais curioso é que ele surge na Natureza em duas variedades: uma fixa e outra móvel.

Flor de Iemanjá fina e comprida:
esta é a forma móvel do coral.

A forma livre vive em águas muito rasas, de 2 a 4 metros, ou em profundidades maiores, de 30 a 60 metros. A forma fixa é encontrada nos recifes, vivendo como os outros corais vivem: imobilizados sempre no mesmo lugar. Podem medir de 3 a 20 centímetros, e sua cor varia desde o marrom amarelado das colônias de águas superficiais até o vermelho escuro dos que vivem em águas profundas.  
Aqui dá para ver bem os tentáculos
nos "vales" do coral
Este tipo de coral pode se alimentar como um predador, estendendo tentáculos longos para apanhar as presas, ou até através de fotossíntese, graças a presença de algas unicelulares fotossintéticas que vivem em seus tecidos.
Coral redondo = forma fixa




A Flor de Iemanjá está presente na costa do Brasil desde o Ceará até o Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Também existe no Caribe e na Flórida (EUA).

Infelizmente, sua população está diminuindo de forma drástica devido à coleta ilegal para venda como "souvenir", tornando-se raro em alguns locais e tendo desaparecido completamente de alguns recifes da Bahia.


Fontes: diversas da internet, em especial https://www.facebook.com/Coralvivo?ref=ts&fref=ts ; https://smmaportoseguro.wordpress.com/2013/05/14/o-coral-pedra-de-iemanja-meandrina-braziliensis-parque-natural-municipal-do-recife-de-fora-pnmrf/ ; http://www.brasilreef.com/viewtopic.php?f=24&t=630

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!