quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Atualizando as leituras

Como nem lembro mais a ordem em que li os livros, vão por ordem alfabética.

1. As Crônicas de Kira - Georgette Silen - Giz Editorial, 150 páginas de muita ação, aventura e personagens fortes. Kira, a princesa das Amazonas, foi treinada a vida inteira para cumprir a missão que recebeu dos deuses. Neste primeiro livro, ela inicia sua jornada repleta de inimigos inesperados, perigos por todo o lado, superação e muita coragem. E sabem o que é mais espantoso? Não tem mocinho nessa história. Só uma amazona espetacular! Cadê o resto, Georgette?!


2. Código dos Mares - Os Contos do Tempo - Suzy Hekamiah - Editora Literata - 109 páginas. O mundo criado por Suzy é tão rico em história, mitos e lendas que exige uma leitura calma e atenta, para nenhum detalhe ser perdido. Não leia com pressa! Meu exemplar tem alguns problemas de revisão, mas Suzy garantiu que isso já foi resolvido. :)

3. Fábulas do Anoitecer - Georgette Silen - Giz Editorial, 168 páginas. Problemas aqui para escrever, porque nem sei de qual conto gostei mais. A Princesa de Mangaleão é o que defino como fantasia delicada, linda e fofa. O Anel e a Pérola Solitária entra na mesma categoria. Tecnologia junto com Merlin e Excalibur? Só a Georgette pra juntar tudo isso e ficar excelente. E tem mais diversos um tanto ou quanto... aterrorizantes? Gostei de ter lido algumas dessas fábulas durante o dia. Ah, sim. Parabéns pelo seu Nick Flamel. E me mantenha longe da Menina dos Fósforos...

4. Garnet - Labirinto de Sombras - Anne Lanes - Novos Talentos, 260 páginas. Bem, acredito que a pior parte de um pesadelo é acreditar que ele pode se tornar realidade, e a pior circunstância é quando o tal pesadelo se repete noite após noite... É com este pesadelo que Anne nos apresenta Lina, a protagonista da história. É uma garota quieta e retraída que, após poucas páginas, vai descobrir que é capaz de muito mais do que alguma vez imaginou. Um novo mundo, herança de seus pais, vai se abrir para ela e para o irmão Nicholas, mas é um novo mundo cheio de perigos e desafios. Ah, e tem dragões! Lindos e de verdade! Mas tem uma coisa que não entendi: por que Garnet?

5. Instituição para Jovens Prodígios - A Seleção - L. L. Alves - Biblioteca 24 horas, 310 páginas. Mais fantasia! Esta começa da forma menos fantasiosa possível: Lara, uma carioca de 17 anos, inteligente e CDF, inscreve-se em provas de âmbito mundial para uma escola que aceita apenas alunos muito especiais (leia-se gênios). Ela passa em terceiro lugar e vai para a Inglaterra, deixando no Brasil seu melhor amigo/namorado Lucas. Logo Lara percebe que a instituição não é tão convencional assim, porque, em lugares convencionais, pombos não falam com as pessoas... E, aparentemente, a instituição sem fins lucrativos não é tão inocente quanto parece. Neste primeiro livro, somos apresentados à Lara, sua família brasileira e seus novos colegas da instituição. Aguardamos ansiosos a continuação, Luene!

Observação: ouço tanto isso de "cadê a continuação" que me sinto maldosamente vingada quando digo aos outros, rsrs!

6. Lilliah Blü e a Profecia do Apocalipse - Flávio Oliveira, edição independente, 288 páginas. Primeira coisa, aspas no lugar de travessões. Diferente, na hora de ler. Mas não atrapalha. Sobre o livro, que tal você ser parte de um mundo que tem data marcada para terminar? A data está chegando e, por causa dela, o governo decidiu que nenhuma criança deveria nascer nos dezoito anos anteriores ao final programado do mundo. Lilliah é uma exceção. Nasceu depois do prazo final, mas seu pai é um competente químico e, através de uma vacina, faz sua filha parecer mais velha do que ela realmente é. A vacina precisa ser periodicamente reaplicada, o que exige intensa atenção. Mas mais atenção ainda precisa Lilliah em sua vida diária, pois precisa se comportar como se tivesse dezoito anos. O livro é em primeira pessoa, e podemos acompanhar Lilliah por dentro: uma menina de treze anos com todos os sonhos da idade, sem poder sonhar porque o mundo vai acabar; com todos os impulsos e vontades de treze anos, obrigada a viver como se tivesse dezoito; gostaria de ter amigos, mas seu segredo a força a viver isolada. E há, claro, com uma grande aventura pela frente, no seu mundo único, exótico e intensamente colorido. Aliás, parabéns ao Flávio. Conseguiu se colocar muito bem dentro da cabeça de uma garota de treze anos! Como foi que fez isso?!

7. Rosa Imortal - Tani Falabello - Editora Literata, 286 páginas. Tá, eu vou repetir: nem gosto de vampiros, ok?! Mas é tanta história boa envolvendo vampiros que, quando vou ver, é um livro de vampiro depois do outro! Aqui, Eileen, uma humana, tem a vida que batalhou para ter: é repórter, é agente secreta e tem um namorado que adora. Mas, como todo o livro que começa feliz, a vida destes personagens logo sofre uma enorme reviravolta, e Eileen se vê em uma nova realidade onde vampiros existem na forma de uma sociedade noturna, complexa e estruturada, onde a disputa pelo poder (político, vejam só! Não é poder vampírico!) é intensa, envolvendo conspirações, manipulações, mentiras e traições. É, certamente, uma história que prende do começo ao fim!

Ok, hoje era isso! :D



Um comentário:

  1. Ah, obrigado! No começo é mais complicado, mas depois eu fui pegando o jeito e a Lilliah Blü dominou a narrativa. Para compor e narrar como uma adolescente, eu presto atenção no que vocês, meninas, escrevem nas redes sociais, passei a assistir seriados para adolescentes, etc. Obrigado pelo elogio! :D

    Um beijo.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!