quarta-feira, 4 de junho de 2014

Polvo imitador

E aqui estou eu de novo dizendo que, quando penso que já vi tudo, vem a  Mãe Natureza e me espanta mais uma vez. Nem sei como cheguei nesse vídeo mais abaixo. Só sei que me encantei com o bicho!

Trata-se de um polvo (e polvos, por si sós, já são animais muito interessantes, que mudam de cor, aprendem a usar instrumentos, brincam de gelatina para passar por fendas minúsculas e são muito inteligentes) IMITADOR. Animais que se camuflam com o ambiente são comuns. Animais que fingem ser outros, nem tanto. E animais que, como esse amigo aí abaixo, escolhem qual animal quer fingir, bem, são um espanto completo!

Ele vive nos mares da Indonésia, seu nome científico é Thaumoctopos mimicus e só foi descoberto em 1998, decerto porque tapeou os pesquisadores até então, que olhavam para ele e pensavam que ele era outro bicho. Na lista de disfarces de que esse polvo é capaz, estão serpentes marinhas (ele entra numa toca e deixa só dois tentáculos listrados e ondulantes para fora, com toda a cara de cobra), peixe-leão (um peixe venenosíssimo que ele imita espalhando seus tentáculos para os lados ao nadar), linguado (um peixe que nada rente ao fundo; o polvo junta todos os seus tentáculos e nada igual), anêmonas, raias, águas-vivas, concha, caranguejo gigante e até camarões! A lista de personagens que ele é capaz de caracterizar chega a quinze, no total. A habilidade do bicho é tanta que ele escolhe seu disfarce dependendo do ataque que está sofrendo, de modo a parecer o predador do seu atacante.

Se me contassem, eu duvidava. Mas o vídeo aí confirma que o polvo imitador é mesmo um mestre do disfarce! O segundo vídeo mostra um polvo explorador dando uma voltinha voluntária fora d'água, decerto para impressionar os barulhentos turistas que o filmaram.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!