terça-feira, 6 de maio de 2014

Maravilhas do Mar: bailarina espanhola



Retomando estes posts sobre mar há muito abandonados, e com a firme intenção de não abandonar mais, trago hoje para vocês a BAILARINA ESPANHOLA, um nudibrânquio (lesma do mar) que ganhou este nome pelas cores vivas de sua "saia" e porque, como se não bastasse isso, ela nada como se estivesse dançando!




A maioria dos nudibrânquios mede apenas alguns centímetros de diâmetro. 
A bailarina espanhola pode chegar a meio metro! 
Seu corpo armazena toxinas obtidas a partir de sua alimentação (esponjas-do-mar e anêmonas). Isso protege a bailarina e seus ovos de predadores.




Existem duas espécies reconhecidas: uma que é predominantemente vermelha (Hexabranchus sanguineus) e vive no Mar Vermelho, Oceano Índico tropical e Oceano Pacífico, e outra (Hexabranchus morsomus), que vive no Caribe.



Como pode ver, nenhuma vive perto da Espanha. O nome foi devido à sua maneira de nadar, que é mesmo espetacular!



Tem dois vídeos curtinhos, se quiserem ver. O bichinho é mesmo show, e requebra pra valer, rsrs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!