quinta-feira, 17 de abril de 2014

Vendo o mundo como um astronauta

O espaço... A fronteira final!

Essa frase que abria os episódios de Star Trek sempre me fascinou. Foi ela que me levou a voar para fora da Terra e criar mundos na minha mente e nos meus livros. E a imaginação é algo tão poderoso, tão convincente, que chega um momento em que uma parte da gente tem absoluta certeza de que já viveu aquilo.

Eu sinto que uma parte de mim já passeou entre as estrelas (outra parte andou lá pelo fundo do mar, travando relações com atlantes e sereias) e, quando vi este vídeo, foi como rever algo que tinha visto com meus próprios olhos. É lindo.

Deixo com vocês as palavras dos meus personagens (minhas?):

"A primeira instrução de quem vai para o alto espaço é não lutar contra o espaço, e sim aceitar sua enormidade, assim como a insignificância de um bichinho atrevido chamado homem. Lá, a gente se sente sozinho de verdade, pequeno, humilde... e orgulhoso por, mesmo sendo tão pequeno, ter tentado voar até as estrelas."


Não sei como anexar vídeos do Face aqui; então, vai o link. Assistam. Voem também e olhem nossa linda Terra do alto, de bordo da Estação Espacial! 

E pensem se vale a pena tanta briga aqui em baixo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!