sábado, 22 de fevereiro de 2014

Bom, gente, seguinte...



Meu filho caçula (23 anos, uns 20cm maior do que eu) embarcou no dia 20 para a Alemanha, onde vai ficar um ano fazendo o TCC de Engenharia da Computação. É ÓBVIO que mamãe aqui está explodindo de orgulho, e é igualmente ÓBVIO que meu cérebro não funciona para mais nada desde o dia 15, pelo menos.

Foi um tremendo sufoco abraçar aquele enorme alemão e saber que o próximo abraço vai ser só daqui a muuuuitos meses. Ainda estou toda engasgada. Engasga até de escrever aqui. Claro que ele já viajou antes, mas nunca pra tão longe, nem por tanto tempo. 

Agora ele já chegou Tubingen, a cidade universitária aonde vai morar. Tinha um amigo brasileiro já esperando lá, e agora o rapaz está se instalando. Hoje de tarde a programação dele é passeio, passar no super e comprar cerveja e depois tem uma festa de despedida dos brasileiros que estão encerrando o estágio e logo voltam pra cá. Diria que se enturmou bem e rápido.

Enfim, tudo isso é pra dizer que o cérebro não desemperrou totalmente ainda. Ainda está mais no modo MÃE do que no modo ESCRITORA.

Então, vou começar a atualizar aqui algo que está bem atrasado, que são minhas leituras. E vou começar pelos autores lá de fora, porque a lista dos cá de dentro é grande.

Ainda em outubro, tenho anotado na lista que li O Príncipe, de Kiera Cass. Foi em e-book, Amazon informa que são 64 páginas. É a visão do príncipe Maxon sobre o início do processo de A Seleção. Li numa pegada só. E, aham, digamos que eu não gostava muito do Maxon antes, e agora gosto menos ainda... Sei que a ideia é ele parecer bastante certinho, mas pra mim pareceu meio bobo demais. Desculpem aí as fãs do moço. E sim, acho que a America fica com ele no final.

Em novembro, nasceu meu neto e não li quase nada. Em dezembro, li só nacionais. Em janeiro, li Os Arquivos Perdidos: Os Esquecidos - Pittacus Lore. E-book também, Amazon igualmente, 73 páginas, outra leitura curtinha que terminou mal tinha começado. Digamos assim: não é uma leitura essencial, mas foi uma leitura gostosa. 

E, depois disso, nem sei mais se foi final de janeiro ou começo de fevereiro, caí de cabeça em A Casa de Hades - Rick Riordan, Editora Intrínseca, 478 páginas. Temos Percy e Annabeth literalmente no quinto dos infernos tentando achar um jeito de cair fora de lá, e o resto da turma tentando fazer sua parte fora do inferno. Achei a parte fora do inferno mais interessante do que a parte de dentro. Do lado de fora, os semideuses passaram por bons apertos, mas saíram deles por suas forças, ou ajudados de longe por seus papais/mamães - isto é, quando estes conseguiam saber o que estavam pensando e a quem precisavam ajudar. Já Percy e Annabeth estavam em um lugar completamente acima de suas forças, e foram ajudados por amigos improváveis... Que eu achei improváveis demais. Quer dizer, se não fosse por uma série de notáveis e incríveis coincidências, os dois não teriam dado dois passos dentro do Tártaro sem acabar a história. Não me importo com coincidências, mas não tantas, por favor... De qualquer forma, tio Rick escreve maravilhosamente, de modo que é sempre uma leitura recomendada para os apreciadores de ação!

2 comentários:

  1. Oiiii Eleonor!! Que oportunidade única para o seu filho!!! Muito legal!! Desejo sucesso a ele. Não sou mãe, mas posso imaginar o que você está sentindo, mas logo ele estará de volta!!

    Ainda não li A Seleção! Já tenho os livros e os contos... vou começar agora no Carnaval!

    Beijos

    Mari
    Cantinho de Leitura da Mari

    ResponderExcluir
  2. Eleonor, tenho certeza que seu filho vai adorar passar esse tempo lá fora! Eu mesma estou tentando estudar um tempo lá na Europa pela faculdade, e estou correndo para conseguir arrumar todos os documentos! Tenha certeza que isso vai ser muito bom para ele!

    Eu sou apaixonada por "A Seleção"! Eu gostava bastante do Maxon depois de ter lido o primeiro livro e achei ele super fofo quando li "O Príncipe"... Mas mudei um pouco de ideia depois de ler "A Elite" e agora, depois de "O Guarda", o Aspen já está ganhando a competição hahaha Mesmo assim, também acho que ela ficará com Maxon no final (pela capa, com vestido branco, acho que vai ter casamento hahaha)
    Ainda não li os outros livros, mas estou com a coleção de Percy Jackson para começar logo!
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!