sábado, 14 de setembro de 2013

Piratas, princesas & escritora atrevida (demais?)

A Bienal foi minha primeira chance de ver, ao vivo e a cores, o susto que o tamanho de Cisne e Linhagens causam nas pessoas. Como sempre gostei de livros grandes, não vejo nada de tão extraordinário assim neles... Mas o resto do povo vê, não há como negar! E muitos - muitos, mesmo - arrepiam e desistem de ler por causa disso.

Nos dias de semana, a Bienal bomba feito louca até pelas seis da tarde, o movimento diminui bastante até as oito e meia e, daí em diante, vira quase um deserto. Como fecha apenas às dez da noite, e como sou leal aos meus parceiros de estande, esse acabava se tornando o tempo de nossas conversas! Foi nessas conversas em que sofri intenso bullying literário (não sabe o que é isso? Pergunta ao sr. meu co-editor, Marcelo Paschoalin!), e também foi nelas que me propuseram uma ideia: por que não criar livros no universo da série, mas que não fizessem parte dela? Livros para serem lidos de forma independente, que despertassem a curiosidade do leitor para os demais?

Um desses "filhotes" independentes se apresentou imediatamente e, pelo título do post, vocês, que leram Cisne, devem ter percebido imediatamente do que se trata: da peça encenada em Porto Alto pelos Melbourne, com direito a piratas de Mirta, princesa Aurora de Aral e lorde Erestor. Os personagens da peça não foram escolhidos por acaso, nem o enredo dela é um penduricalho aleatório no enredo. Como puderam ver pela reação das crianças durante a encenação, Erestor e Aurora são personagens muito familiares a todos, famosos no mundo todo. Existiram realmente (ok, "realmente", aqui, quer dizer no meu mundo, certo?) há mil anos atrás, e as consequências de seus atos e escolhas vão repercutir de forma importante nesta geração, a de agora, a que precisa decidir. Não estava nos meus planos transformá-los em um livro independente, mas...

Aurora de Aral era, sem saber, a última herdeira de uma Linhagem que estava, aos poucos, se extinguindo; lorde Erestor, seu lendário protetor, foi o último dos grandes Reis de Sarad - Palácio de Sarad, os guerreiros do Império Atlante, estão lembrados? Mesmo entre os guerreiros de Sarad, Erestor era uma exceção por sua força e habilidade na espada. E, por algum tipo de incrível coincidência, a estória deles se passa há mil anos atrás... Bem na época em que a Grande Guerra no Império Atlante estava terminando, em que os poderosos Palácios fechavam seus acessos físicos e mentais, em que o bloqueio oceânico passava a separar superficianos de atlantes... 

Bem, também posso acrescentar que, naquela época, uma geração deveria decidir, mas as coisas não funcionaram tão bem quanto deveriam.

Acho que vai dar um bom livro. E vocês, o que acham?


21 comentários:

  1. Nossa show!

    Vou adorar ler Eleonor!

    Apoiada!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Ta brincando comigo? Sem dúvidas dará um ótimo livro!! ^^
    Gosto quando este tipo de coisa acontece; aparentes pequenas histórias de um livro, ganhando independência e se tornando um novo livro. É bem legal! E se tratando de Cisne...
    Já estou ansioso. :) hahá
    Sucesso!

    MY BLOG

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh que notícia mais maravilhosa!!!!! Eu quero!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! *-*

    ResponderExcluir
  4. Achei uma ideia incrível! Vou ler com certeza, podia ser como uma novela de 300 ou 400 páginas :D

    ResponderExcluir
  5. Gostei da ideia! Conheço muita gente que fica realmente espantada com livros grandes e desistem de ler um livro que é realmente bom só por causa do tamanho!
    Tenho certeza que fazer um menor vai atrair a curiosidade dessas pessoas e fazer com que, assim que estejam introduzidos ao universo de Cisne, tenham vontade de ler, mesmo com a grossura que tem!
    Eu vou ficar super curiosa para ver como é essa história!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Uh, que tudo Eleonor,
    eu adoraria ler as estórias paralelas que há cisne.. amei a ideia, tomara que dê certo e que você ponha em prática.. Eu super apoio. Tenho certeza que essa pode ser a primeira de muitas outras estória que fazem parte do universo CISNE.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Acho que vai ser um ótimo livro. Tenho certeza que irá atrair o publico que leu cisne. Para mim, que estou lendo Cisne ainda, essa foi a primeira grande entrada do livro. Quero dizer, foi a primeira parte que gostei e me deu forças para continuar.

    Livros grandes também me impressionam, as vezes dão até um certo medo, mas Cisne (e isso escrevo para aqueles que ficaram intimidades de ler por ser grande) é uma grande investida para superar esse medo.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia, vai ser super. E quanto a grossura do livro devo dizer que quando o recebi fiquei assustada, pois não fazia ideia de que era tão grande. rsrsr

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eleonor,

    Simplesmente AMEI!!!
    Bom, que explica algumas coisas da série, mas ao mesmo tempo são histórias independentes!
    Bom, eu também adoro livros grandes, desde que a leitura te prenda, e no caso de Cisne e Linhagens, você acaba desejando que tenha mais páginas, porque deseja continuar lendo e entrando nesse universo fantástico!

    Abraços!

    ---
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/
    http://yumeeocantinhodaleitura.blogspot.com.br/
    http://www.facebook.com/pages/Yume-e-os-Livros/354138304679022
    @Yumeeoslivros

    ResponderExcluir
  10. Minha nossa, bom livro é pouco!
    Essa história vai render e muito, Eleonor. Já estou até imaginando... Esse tipo de enredo muito me encanta'
    Aguardando novidades, heim?! rsrs
    Bjk, Rafa.

    temporaldesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Ele,

    A encenação em Porto Alto foi empolgante e nos deixou arrebatados pelas emoções com que os personagens nos trouxeram... um livro! Paralelo!

    Posso pedir?

    Escrevaaaaaaaaaaaaaaaaa \o/

    Ansiosa!

    ResponderExcluir
  12. Eu demorei bastante ao iniciar Cisne por causa do tamanho. Mas quando comecei, UAU! Vi que era apenas m preconceito bobo. Penso em quantos livros maravilhosos já deixei de ler por causa disso.
    "(ok, "realmente", aqui, quer dizer no meu mundo, certo?) " Hahahaha
    Que bonitinha ela explicando gente! Heheh
    Nossa, achei a ideia simplesmente MARAVILHOSA!
    Depois do leitor curtir o universo que você criou, fácil fácil compra o livro e se aventura! *-*
    Acho que além dos livros (se não for muito abuso) seria legal algum conto sobre algum personagem secundário... Porque as vezes gostamos muito de um personagem mesmo ele não tendo um papel "fundamental" na trama. E contos enriquecem, eu acho. Quem sabe um conto sobre o Jean, seu passado como foca... :D
    Bom, fica aí uma sugestãozinha...
    Beijos!
    http://leiturasdoedu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Eleonor, eu tive uma ideia e gostaria muito de falar com você!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Eleonor!
    Bem, admito que assustei um pouco ao ver o tamanho de Cisne, mas depois de começar, vi que a leitura rende, pois a história é inteligente. E essa notícia é MARAVILHOSA!!! Parabéns e muito sucesso com esse novo filhote. Acho que vai ser um ótimo livro.

    http://abookandacup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Com certeza, e já até vejo uma profecia pelo o caminho dessa história. Seria como O Cavalo e seu menino ou O sobrinho do mago né? louco pra ler essa história.

    ResponderExcluir
  16. Uau! Novidade melhor impossível, lembra que perguntei se farias um spin-off... Realmente esta a caminho!

    Beijos
    Patty

    ResponderExcluir
  17. Mas que ideia mais espetacular!! Amei!! :)

    ResponderExcluir
  18. OMG! O que eu acho? Eu necessito desse livro agora! Pode escrever!! haha...
    Adorei a ideia! E por favor!! Coloca romance! kkkkkkkk...
    Amei!!
    Beijos.

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Que legal um livro da peça! Tem que ter tudo explicadinho e ser genial pra ser uma historia digna da encenação dos Melbourne rsrs

    Livros grandes também me assustam, acho que o maior medo é não gostar e ficar presa na leitura pro resto da vida, ainda mais eu que não sou de abandonar livro!

    ResponderExcluir
  20. Não gostei que sofreu bullying literário, não gostei, não gostei, não gostei! Como se atrevem? Rum!

    Quanto ao livro eu tô pasma! Vc ainda me mata com essas notícias rsrs. Quem diria que uma encenação lá no início de Cisne poderia esconder segredos de mil anos? É uma obra bem costurada mesmo.
    É pra quando? Já começou? A geração passada não fez uma boa escolha? #Pena Espero que essa nova galera façam escolha melhores.
    Outra coisa que achei legal é conhecer uma personagem de uma linhagem que já não existe. Que será que houve com a Linhagem dela?
    Fora que é a época do bloqueio oceânico, então os Protetorados devem aparecer...
    Nossa! Tanta coisa pode ser explorada! E alguns personagens interessantes devem ter morrido por essas épocas. Tô viajando já aqui hehehehe

    Animada!!!!

    Beijos

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!