quarta-feira, 26 de junho de 2013

Cada um tem seu tempo...

... Mesmo quando, em retrospectiva, isso parece um tanto (completamente?! totalmente?! absolutamente?!) perda de tempo! 

***AVISO: post gigante compensando os dias de silêncio. Está com pressa? Vá direto pro fim. Sugestão? Leia tudo! Se escrevi, foi porque achei importante você saber!***

Mas, enfim, era o tempo que eu estava precisando pra decidir o que fazer. Agora o tal do "tempo" já foi e o que resta a fazer é correr para aproveitar da melhor forma o tempo ainda disponível.

Explicando melhor: como já postado na fanpage do Cisne, a primeira edição de 1500 exemplares já está esgotada. Foi impresso um "rabicho" de 200 exemplares para atender à demanda da distribuidora e da escritora. A Dracaena fez contato para providenciarmos a segunda edição (dei pulos de feliz com a excelente notícia!), e também para informar que havia mudado suas rotinas editoriais, de modo que o Cisne, por seu tamanho avantajado, ficaria ainda mais caro do que o seu valor que já suscita inúmeras reclamações (caí das nuvens). Problema seguinte da segunda edição do Cisne, minha vontade era fazer uma segunda edição revisada, cortando em capítulos menores os monstrões da primeira edição. Isso implica, obviamente, em revisar o Cisne inteiro. Nessa revisão, também estão incluídos itens como travessões ao final dos diálogos e  ○ ○ ○  separando e indicando as quebras de cena. Resumo do parágrafo: perdi o foco, atrapalhei as prioridades, fiquei sem saber o que fazer. Continuo com a Dracaena, que me apoiou tanto e me ofereceu um trabalho de tanta qualidade, além de inúmeras orientações preciosas para quem é (foi?) principiante? Saio da Dracaena? Vou pra onde? Como é que vai ser se eu sair? Faço contato com outra editora? Encaro publicação independente? OMG! Vou? Fico? Conversei (um pouquinho) com alguns (poucos) amigos. Sempre soube que a decisão deveria ser inteiramente minha (e do marido conselheiro) porque as consequências seriam igualmente minhas (e do marido que tem que me aturar nessas horas).

... e o tempo, esse safado, passando silenciosamente... 

Dia 24, segunda-feira, liguei para o Leo, da Dracaena. Conversamos sobre possibilidades e alternativas, que não fechavam com o que eu desejava. Então, calma e pacificamente, depois de um ano de parceria, o Cisne zarpou da Dracaena. Mais uma vez, deixo aqui meus agradecimentos ao Leo e à Fran por terem acreditado e dado uma chance ao meu monstrão de 800 páginas, que ninguém queria nem ver. Obrigada por todo o apoio e orientação que me deram!

O Cisne terá uma segunda edição? Sim, sem dúvida! Revisada, bonitinha, capítulos menores, separadores de cena, travessões ao final das falas dos personagens? Sim, é claro! MAS NÃO AGORA, Ó ESCRITORA TONTA!!! OLHA O FOCO!!! OLHA A BIENAL AÍ!!!

E OLHA O COITADO DO LINHAGENS, QUE FICOU ABANDONADO NO MEIO DO TAL "PRECISO MEU TEMPO"!!!

Dia 24, quando conversei com o Leo, da Dracaena, faltavam 2 meses mais 5 dias para a Bienal. Hoje é dia 26 = 2 meses + 3 dias. Nesses dois dias que passaram, só pra constar, não fiquei me dando tempos nem avaliando minha decisão. Fiz contato com outra editora, e expliquei meu caso: Linhagens precisa estar na Bienal!!! Resposta: prazo apertado, mas dá pra fazer! Qual editora? Bom, ontem falei com o editor e disse que ia contar tudo a vocês, mas ele sugeriu fazer suspense. Como atendo muito a tudo que meus editores orientam, aqui está O SUSPENSE pra vocês. Tenho dito.

Então, são 2 meses + 3 dias para finalizar, diagramar, acabar a capa, providenciar a burocracia, mandar para a gráfica e pegar Linhagens, recém saído do forno, na Bienal do Rio de Janeiro! É para essa empreitada, uma verdadeira CORRIDA MALUCA, que estou convocando vocês, muito especialmente a parte do "vocês" que já leu o Cisne!

Primeiro item da lista: FINALIZAR LINHAGENS! O que falta?, vocês vão me perguntar. Já não estava pronto, puxa?! Sim. E não. 

1. Estava faltando alguma coisa no final. Linhagens foi para dois beta readers. Um deles, Moisés Suhet, do blog A Profecia de Leslienth, sugeriu mudanças no final, enfatizando que precisava ser um final que "deixasse os leitores a fim de matar a escritora!". (Sim, Moisés, estou entregando que o incentivo a um final mais "assassinante" foi teu. Quando quiserem matar alguém, mando atrás de ti, rsrsrs!). No meio dos "tempos", é claro que isso não progrediu. Essa parte é minha. Quando estiver pronta, volta para as mãos do Moisés e da Thaís, que podem, se quiserem e sem spoilers, dizer a vocês o que acharam da modificação. 

2. Outro item a ser escrito é um prefácio, e a esse todos vocês terão acesso, para sugestões. 

3. Terceiro e último item a ser finalizado, um APÊNDICE, também sugestão do Moisés e da Thaís (do blog Viaje na Leitura, também beta reader). É AQUI QUE PRECISO DA AJUDA DE VOCÊS, principalmente de quem já leu o Cisne! Linhagens é uma continuação direta do Cisne, sem preâmbulos ou explicações. Um livro emenda no outro, direto e sem escalas. O apêndice servirá como orientação para quem já leu o Cisne, mas esqueceu de alguns dados e informações. Então, povo, o que não pode faltar no apêndice?! Digam. Sugiram. Façam listas!!!

Prazo para TUDO ISSO estar prontinho nas mãos do editor: dia 30 DE JUNHO. São só 4 DIAS! Portanto, quem quer ajudar, arregace as mangas e vamos nessa!  
 

6 comentários:

  1. Nossa, vou pensar e à noite te mando umas sugestões!

    ResponderExcluir
  2. Bom, o certo seria destacar as partes mais importantes de Cisne até onde parou.Na minha opinião ficaria muito melhor, para os próximos leitores ou até nós mesmos que já lemos e acabamos não percebendo tais coisas, seria legal destacar a parte diplomática do intercâmbio, explicar o porquê e a necessidade de ter acontecido. Falar um pouco das linhagens, casas... Coloca tudo aquilo que possa levar direto ao início de Linhagens.
    Espero que tenha ajudado.
    Abraços e sucesso, louco por Linhagens!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eleonor, acho que algumas explicações sobre as casas seriam essenciais. Estilo aquele apêndice de As crônicas de gelo e fogo, sabe? Acharia bem legal, porque eu as vezes ficava confusa quanto a quem era de que casa, quem era filho de quem e demais informações. Bom, por enquanto é só isso, mas darei uma folheada no Cisne pensarei em mais coisa. Curiosa pra saber qual é a editora nova!

    ResponderExcluir
  4. Ola Eleonor, quero parabenizá-la pelas boas notícias, e espero sinceramente que tudo se resolva para que tanto a segunda edição de Cisne como o livro Linhagens saiam do jeitinho que você deseja.
    Infelizmente não tive a oportunidade de ler o livro, mas mesmo assim gostaria de dar uma dica, não sei se você já leu a série Herança do autor Christopher Paulini, ele sempre coloca um apêndice em seus livros, e nele geralmente é um resuminho do livro anterior, com os fatos mais importantes que definiram a história anterior e param no ponto em que a mesma parou, permitindo que o autor fique por dentro de tudo que ta acontecendo, sem muitos detalhes, apenas os fatos.
    Bem, espero que ao menos um pouco tenha ajudado.
    Te desejo sorte e que Deus te abençoe, com certeza muitos de seus leitores terão ótimas ideias^^
    Abraços e sucesso.

    ResponderExcluir
  5. Olá Eleonor,
    UAU decisões difíceis, mas muito legal vc chamar os leitores para participar : ) Uhhh honrada aqui!!! Amei Cisne e espero que a segunda edição fique LINDA!!!! Bom, vou tentar bolar algo aqui...a altura do querido Cisne!
    Beijos e SUCESSO!!!!!!!!!!!!!!
    Keila Gon

    ResponderExcluir
  6. É muita informação ao mesmo tempo, Eleonor, mas vai dá tudo certo.
    Tô torcendo aqui para que o tempo te ajude nessa empreitada.

    Sucesso!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!