quarta-feira, 29 de maio de 2013

Maravilhas do mar: parente próximo do Alien




Quando vi as fotos, minha primeira reação foi: "credo, o cara que inventou o Alien com certeza teve pesadelos com esse bicho!"

 

Mas enfim, a simpatia das fotos é o Stomias sp., chamado pelos amigos - se é que ele tem algum - de peixe-víbora. Em minha opinião, ainda é um nome suave para esse bicho. 

É um animal das profundezas abissais, vivendo na eterna escuridão. Adulto, mede de 30 a 40cm e, durante o dia, pode ser encontrado a profundidades de 1000 metros. Durante a noite, sobe para cerca de 200 metros, e é então que costuma ser capturado por redes de pesca. Deve ser um bom susto dar de cara com um desses na rede. 

Tem uma dieta variada: camarões, crustáceos, lulas, plâncton e outros peixes, não obrigatoriamente menores do que ele. Não mastiga a comida, engole inteira! Quando ele abre o bocão, o crânio se inclina para trás e a mandíbula se projeta para a frente, a fim de alargar a abertura da garganta. Ao mesmo tempo, os músculos afastam o coração e as brânquias (!!!) para ter mais espaço interno... Ele tem dentes móveis implantados na faringe (tradução, a descida da garganta) para impelir a presa até o estômago, tem uma "isca" luminosa para atrair a presa, tem mais de 350 fotóforos (órgãos externos com brilho) para atrair tanto a presa quando seu companheiro... 

Descontando seu aspecto medonho, é um animal extremamente bem adaptado ao seu habitat, as profundezas do mar. A luz, como visto no educativo Procurando Nemo, é uma isca poderosa num mundo feito de escuridão. Sua "isca" luminosa é a extremidade de um longo filamento que sai da barbatana dorsal e fica abanando na frente do peixe, bem certinho perto do bocão, que é uma maravilha de engenharia animal. Qualquer presa é engolida inteira, não desperdiçando nenhum pedacinho e impedindo a disputa.

 

Para quem leu isso à noite,
bons pesadelos com o bichinho, rsrsrs!







Fontes: livros diversos, links também diversos, principalmente do redOrbit, fotos do Google de sites variados. NÃO tem pesquisa de Wikipédia, ok?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!