sábado, 20 de abril de 2013

Relatório semanal n. 16


Relatório da semana número 16

Foi uma bela semana com três belas resenhas! A primeira foi da colega escritora Vanessa Sueroz (aqui); a segunda, da Géssica, do blog parceiro Livros de Elite (aqui) e a terceira, da Mila, do blog parceiro De Livro em Livro (aqui). Ou seja, foi uma semana com resenhas praticamente um dia sim, um dia não!

Sobre o meu xodó, as Maravilhas do Mar: em vez de bichinhos, coloquei lá uma cidade submersa na costa do Japão com idade avaliada em 11.000 anos... E vocês mal se interessaram!!! Vem cá, estão tão ruins assim nas contas que não caiu a ficha que 11.000 anos pra trás é Idade da Pedra e não devia ter ninguém construindo cidade alguma, muito menos com tecnologia asteca?! Isso não é historinha de fantasia, gente. Existe de verdade! 

Sorteios: coisa pouca, apenas 7 em andamento! Nos blogs Magia Literia, Segredos em Livros, Livros de Elite, Leitura nossa de cada dia e Palácio de Livros; no portal Arca Literária e na página da colega escritora Marli Carmen, onde o Cisne será sorteado com mais três livros, incluindo-se, é claro, o próprio Amazônia, Um Caminho para o Sonho, o livro da Marli.
(Observação: os links para os sorteios estão nos nomes dos sorteadores, ou ao menos em alguma parte dos nomes. Procurem, às vezes são só 3 letrinhas. O blogger está meio teimoso hoje e não adianta insistir quando ele resolve fazer as coisas do jeito dele...)

O assunto seguinte é justamente o livro da Marli. Apesar de ter retornado ao trabalho nesta semana (ainda não sei para onde sumiu este mês de férias), arrumei tempo para ler Amazônia, que conta a viagem de quatro amigas e mais o Daniel por diversas cidades do norte do país. Ia lendo e lendo, e dizendo para mim mesma: "tá, parece um guia turístico/histórico, cadê o enredo?". Mas continuava lendo do mesmo jeito. Daí a pouco, estava me irritando com a Rafaela tipo "pô, criatura, vê se cresce!". Mas espera. Não era guia de viagem? Como estou me irritando com personagens de guia de viagem? Como é que esse negócio aqui está funcionando, afinal?!
Bom, sei lá como está funcionando, mas, definitivamente, funcionou. As conclusões finais a que cheguei sobre Amazônia são:
1. É um guia de viagens, sim, excelente! Quando eu for visitar Manaus e Belém do Pará, certamente o livro da Marli vai estar na minha bagagem. E daí, Marli, é muito bom todos aqueles lugares fantásticos e restaurantes típicos estarem exatinho nos lugares do livro... Um bom guia turístico precisa ser fidedigno!
2. Amizade é uma coisa muito linda em qualquer lugar do mundo e não tem a ver com pessoas semelhantes entre si, mas sim com pessoas afins entre si
3. Tem momentos em que dá vontade de entrar no livro e SACUDIR aquela Rafa!!!
4. Se é mais do que tudo um guia de viagem, por que já estou pensando em reler?! Eu não releio guias de viagem! 
5. E, finalizando, é um livro tão politicamente correto que seria politicamente incorreto não gostar dele, Marli. Isso é covardia, kkkk! Eu adorei o livro. Tanto que estou pensando em reler apesar da minha megapilha de leituras!   
  

3 comentários:

  1. Boa noite Eleonor,

    Li e resenhei esse livro no blog e gostei demais, não concordo com a sua opinião, pois não achei o livro um guia turístico e sim um romance que nos leva a conhecer vários lugares da Amazônia...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por gentileza, leia com atenção: eu disse que não releio guias de viagem, e também disse que já estou agendando para reler. Depreende-se que...?

      Excluir
  2. Olá Eleonor,

    Gostei das resenhas que foram desenvolvidas sobre seu livro.

    Na obra Amazônia, a pessoa que lê detalhadamente o livro e conhece os pontos de um enredo percebe a riqueza da obra de Marli Carmen, assim como não há necessidade de as coisas estarem exatamente no lugar descrito pelo livro, afinal, como vc afirmou, não é um guia turístico. Pois para um livro ser bom, como exemplo a obra de Euclides da Cunha, Os Sertões, dentre outros livros maravilhosos, pois o autor passa a impressão dele, e não das outras pessoas.

    Sucesso com seu livro. Abraços.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!