quinta-feira, 4 de abril de 2013

Mais duas joias da minha coleção


Afe, gente, este "joia" sem acento é uma agressão aos meus instintos! A cabeça sabe que o acento não existe mais... Mas que droga, parece que está faltando! Ah, Língua Portuguesa! Ah, reforma ortográfica! Ah, que reforma mental precisa depois da retirada de alguns acentos e coisitas mais!

Ok, vamos às joias (sem acento) de hoje. Selecionei duas do meu tesouro!


Joia número um,
Os Segredos de Landara, da Bruna: a estória inicia com uma personagem sem memória em um mundo completamente novo e inesperado. Vamos descobrindo onde estamos e o que acontece juntamente com a protagonista que, coitada!, não sabe nem mesmo o seu nome. Não lembro de ter lido outro livro que tivesse começado assim. Mas, mesmo sem recordações, a garota é muito decidida e faz as coisas acontecerem! Adoro protagonistas não-mimimi, se bem que acontecem alguns mimimis quando... Bom, quando "ele" aparece, é claro, e nem são mimimis tão mimis assim, mas é que, bom, de repente parece que atiraram alguma coisa (bem pesada!) na cabeça da garota! É uma aventura espetacular, num mundo alternativo e fantástico (não vou contar para vocês o que é e onde fica Landara), com uma fauna igualmente alternativa e fantástica, composta por um sem número de animais criativos e coloridos. Numa conversa com a Bruna, perguntei, rindo, se ela escrevia com uma lista ao lado, com os nomes e as características dos bichos. E não é que ela faz isso mesmo?! Enfim, um livro que vale MUITO a pena! Não vejo hora de ler a continuação, Bruna! Vamos logo com o Landara II, O Retorno da Galinha Preta! (É claro que o nome do livro não é este. É piadinha entre a Bruna e eu, e mais todo mundo que leu o livro. Vão encontrar sem dificuldades a "galinha preta"!)



Joia número dois, 
Ser Clara, da Janaína. Gente, já tinham dito que a Jana escreve bem. Agora eu sou mais uma pra me juntar ao coral: a Jana não só escreve bem. Ela escreve superbem! Li Ser Clara numa pegada só. Fui simplesmente incapaz de largar na metade e ficar sem saber o que ia acontecer com Clara, a protagonista! Dei risada, me afligi, tive vontade de estapear a garota diversas vezes - é uma desmiolada! Mas a Clara vai aprendendo durante o livro, vai mudando... Ser Clara não é simplesmente um chick lit sensacional (não comece a ler se não tiver tempo de terminar!). Também é um livro com uma boa dose de perigo, mistérios e verdadeiros casos de polícia! Como juntar tudo isso numa só estória? Bom, a Janaína consegue. Maravilhosamente! Parte mais feliz? Bem, embora a estória acabe, parece que encontraremos Clara em mais um livro! Viva viva!!!

5 comentários:

  1. Oi, estou curiosa para ler os dois livros que vc mencionou. Adorei conhecer um pouco mais deles aqui.
    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ambos são excelentes, Marli! Se fosse recomendar "lê este primeiro", não saberia qual indicar, rsrsrs!
      Bjs
      Eleonor

      Excluir
  2. hahahahaha! Ah você é demais, amiga!!!! Obrigada pelo carinho e pelo maravilhoso comentário do livro! Ri muito aqui. :)
    Morrendo de saudades de você!!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!