domingo, 10 de março de 2013

Resenhando a resenha: Livros com Resenhas




A quarta resenha recebida pelo Cisne foi feita pela Samy Rabelo, do blog parceiro Livros com Resenhas. No Skoob, Samy deu 12345.


Primeira frase da resenha:
"Bom, deixem-me ver por onde começar essa resenha... Pois é minha gente! À partir do momento que um autor, nesse caso autora, escreve uma história completamente inimaginável, incrível, totalmente fora do inesperado para nós leitores, ficamos assim inibidos e totalmente sem palavras para escrever uma resenha cabível à obra."

Última frase da resenha:
"Gente, vou parar de falar do Cisne, vocês precisam conhecer essa obra! É diferente de tudo o que você leu, eu garanto!!!"

Frase que mais gostei na resenha... E, nesta, não deu jeito. Precisei escolher duas! 
1. "Ler Cisne foi uma experiência muito agradável para mim, conseguia ver cenas de um filme claramente, coisa bem rara nas minhas leituras." 
2. "Vou começar dizendo o que já tinha dito à autora, é um livro totalmente inteligente!"

Acredito que seja bastante óbvio, mas vou me arriscar a dizer: geeente, não imaginam o nervoso que dá antes e durante as primeiras resenhas! Quer dizer, são as PRIMEIRAS, não é? Escrevi, revisei, revisei e revisei o Cisne com toda a atenção e carinho, mas, de repente, ele estava lá fora, longe das minhas mãos, sendo pela primeira vez apresentado (exposto?) a leitores que o veriam, certamente, de uma forma bem diferente da que eu via. Estou acostumada com minha enorme turma de personagens. Os novos leitores, não. Sei a partir de quais parâmetros as coisas acontecem de uma ou outra forma. Os novos leitores, não. As primeiras resenhas diriam exatamente isto: se eu tinha conseguido me explicar bem. Honestamente, eu estava com o coração na mão! E daí, de repente, eu tinha a Sammy para conversar, mesmo que a conversa tenha sido por e-mails esporádicos. Como foi bom ouvir a opinião dela durante a leitura, e não somente no final! Estas duas frases, as que eu selecionei como minhas preferidas, já tinham sido usadas por ela nos e-mails. Se alguém lê um livro e diz que tem partes em que se sente como se estivesse vendo um filme, bom... O que mais um autor pode querer? Cheguei à conclusão de que tinha, sim, conseguido me explicar direito. E quando, para arrematar, ela disse que o Cisne era um "livro inteligente", aí meu sorriso abriu ainda mais! Um livro inteligente que parece um filme - que tal?! É de ficar bem feliz mesmo, não é?!

4 comentários:

  1. Eleonor minha autora querida! Não disse nada que não seja verdade! Achei incrível sua obra e tenho certeza que vai dar super certo.O livro realmente dá um bom filme! Aposte nisso ;)
    Você revisou com tanto carinho que não deu chance para nenhum erro!! Owww mulher carinho! rsrsr
    Foi uma honra ler Cisne Eleonor! Espero ansiosa por Linhagens ;)
    Bjão querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Samy! Honra é ter parceiras como vocês!
      E Linhagens não demora... Vai sair logo, logo!
      Bjs!

      Excluir
  2. Estou curiosíssima pra ler Cisne, e todas as resenhas que li desse livro sempre falam muito bem dele.
    Tenho certeza que ele é um excelente livro !
    Beijos, Camilla.
    http://lendoeaprendendoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camilla! Espero que goste realmente, quando tiver oportunidade de ler!
      Bjs!

      Excluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!