quarta-feira, 27 de março de 2013

Maravilhas do mar: esponja-harpa



Três mil metros abaixo da superfície do oceano, o fundo do mar é um lugar escuro, desolado e perigoso, onde até mesmo a criatura de aspecto mais inofensivo pode ser um predador mortal. Foi lá que, recentemente, uma equipe de pesquisadores descobriu um improvável novo carnívoro da espécie esponja: a esponja-harpa (Chondrocladia lyra).

A nova esponja recebeu este nome por sua estrutura básica ter a forma de uma harpa ou lira. Mas não se deixe enganar por sua aparência extravagante: a esponja-harpa é um predador de águas profundas.


Agarrada ao sedimento por rizóides semelhantes a raízes, a esponja-harpa captura pequenos animais que são levados até seus ramos pela correnteza. Normalmente, as esponjas se alimentam de bactérias e fragmentos de material orgânico filtrados através de seu corpo. A esponja-harpa carnívora, entretanto, captura suas presas - pequenos crustáceos - através de ganchos farpados que recobrem suas ramificações. Após capturar a presa, a esponja a envolve em uma fina membrana, começando então a digeri-la lentamente. Os cientistas acreditam que a esponja-harpa evoluiu para esta estrutura semelhante a candelabro a fim de aumentar a área exposta a correntes, aumentando assim sua oportunidade de capturar o alimento.

O mar profundo é um lugar inóspito: frio, escuro, com recursos escassos. A esponja-harpa é um extraordinário exemplo do tipo de adaptações que os animais precisam fazer a fim de sobreviver em um ambiente tão hostil.
 





Esponja
árvore-de-bolas, prima também
carnívora da
esponja-harpa.







Fonte: http://www.mbari.org/news/homepage/2012/harp-sponge/harp-sponge.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!