quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Contratando o book trailer...

 

Adoro escrever. Minha vida inteira, adorei escrever. Tenho facilidade e fluência com as palavras. Escrevi um livrão. Se tem alguém por aí pensando que o Cisne é livrinho, pode esquecer. É grandão, tanto que vou liberar, na boa, três capítulos. Me coloca um assunto na frente, dá um tempo, e lá vou eu. Se não sair maravilhoso, sai ao menos bem bom (modesta, eu, não? Mas cada um tem que ter consciência do que sabe fazer).

Essa foi minha relação com escritos e palavras até... Até a editora Dracaena me mandar, por e-mail, um simpático pedido: sinopse mais adequada e uma pequena biografia, por favor! AAARRRRGHHHH! Bloqueio mental completo, total, absoluto!!! Sabe a sinopse que está aqui no site, a biografia?! Me deram mais dor de cabeça, me tomaram mais tempo e me angustiaram mais do que um capítulo inteiro!!! Aí, num dia glorioso, a inspiração voltou, os textos encomendados foram escritos... Fim de agonia. Fim de resumos. Fim de fale-sobre-seu-livro-com-meia-dúzia-de-palavras! Paz na Terra às escritoras de boa vontade que já cumpriram sua obrigação.

Agora, outra simpática pergunta da Dracaena: vamos fazer o book trailer para ajudar na divulgação? Claro!, disse eu, entusiasmada. Ok, disseram eles. Vamos te mandar o briefing...

AAARRRRGHHHHH! Título, subtítulo, nome do autor... 5 FRASES QUE RESUMAM O LIVRO!!! Resumos II, A Vingança do Briefing Maligno! Veja bem, a pessoa que vai fazer o book trailer NÃO leu o livro, e EU tenho que fazer cinco frases que resumam todo o enredo sem dar spoilers! Como é que eu vou fazer isso, Santa Padroeira dos Escritores Desesperados?!

2 comentários:

  1. Eleonor, eu acho uma pedreira fazer essas coisas também. Tenho muita dificuldade de ser sucinta. Respira fundo e tenta, vou torcer para a santa inspiração baixar!

    ResponderExcluir
  2. Dizem que a melhor maneira de resolver isso é não pensar no assunto, mas, cada vez que ouço esta "solução", fico pensando se quem sugeriu já passou de verdade pela situação! Mas valeu muito a solidariedade, Liege. De verdade!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, foi lido com carinho! Volte sempre!